Vox Dei nº 438 de 12 de fevereiro de 2017

Amados irmãos (as), em nossa Legislação Brasileira uma lei só é revogada com a entrada em vigor de uma nova lei. Jesus foi claro ao dizer que ele não iria destruir ou revogar, ou mesmo abolir a lei. Pelo contrário, ele iria cumprir e até que terra e céus se passem nem uma vírgula se omitirá da lei. Jesus estava sendo mais do que claro de que nem um acento gráfico ou letra deveria ser mudado da lei.

No Evangelho, tomamos conhecimento da proposta sobre a justiça do Reino dos Céus. Como vimos no domingo passado, somos chamados a sinalizar a aliança de sal, a perene, que não se corrompe. Essa aliança de Deus com cada um dos seres humanos é alimentada por todos nós batizados, que assumimos o projeto do Senhor. Também faz parte de nossa opção aceitar essa vocação dada por Jesus, de colaborarmos com Deus na construção da nova sociedade, do Reino de Justiça.

Por fim, a Primeira Carta aos Coríntios nos fala que a perfeição está na sabedoria, não na sabedoria deste mundo, muito menos na de seus poderosos, pois ela está voltada para a morte, para a destruição. Mas na Sabedoria de Deus que, ao contrário, no seu plano de amor em benefício dos homens está escondida e foi destinada para nossa glória. É o projeto de Deus, sua opção pelos simples, pelos marginalizados.

Os poderosos não a conheceram porque, mantendo sua opção, condenaram Jesus à morte e o crucificaram. Contudo, “o que Deus preparou para os que o amam é algo que os olhos jamais viram nem os ouvidos ouviram nem coração algum jamais pressentiu” escreve São Paulo.

 Concluindo, a liturgia deste domingo nos exorta a mantermos nossa missão, nossa vocação optando livremente pelo anúncio do projeto de Deus, de anunciar a construção de uma nova sociedade onde a sabedoria de Deus triunfará e os marginalizados deste mundo a conhecerão.

Aliás, na medida em que optamos por fazer a vontade de Deus já desfrutamos, no próprio ato de fazer o bem, da alegria e da felicidade que almejamos. Amados irmãos (as), Jesus nos aponta um itinerário, caminho para a felicidade e santidade, ser sal e luz do mundo. Despertemos para este chamado, ser discípulo missionário.

Abençoada semana para todos.